Sobre Sobre

 

 
 
 
 
 
A Superintendência de Infraestrutura (SINFRA), antiga Prefeitura da Cidade Universitária, adotou como política de sustentabilidade a busca da inserção na UFPE, de práticas de gestão ambiental nas suas atividades acadêmicas e administrativas cotidianas.

 

Desta forma, vem inserindo nas suas atividades, desde 2012, procedimentos e propostas para a comunidade universitária.

 

Com a criação da Diretoria de Gestão Ambiental (DGA) pela Portaria Normativa  31 de 08/10/2012, e alterada pela Portaria Normativa nº 06, de 23/03/2016 e pela Portaria Normativa nº 30, de 03/08/2020, a DGA vem desenvolvendo suas atividades baseada nas seguintes atribuições:
 
I. planejar, desenvolver e executar ações que visam à preservação do meio ambiente, alinhados com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável;
II. atuar junto à comunidade universitária para minimizar a poluição do solo, da água e do ar;
III. participar do incentivo das estratégias para minimizar o impacto ambiental;
IV. promover o desenvolvimento sustentável da UFPE;
V. elaborar ações de tratamento e eliminação de rejeitos;
VI. definir locais para o armazenamento dos resíduos, bem como as técnicas de seu tratamento, transporte e destinação final ambientalmente adequada;
VII. incentivar o reaproveitamento, a redução e a reciclagem de materiais;
VIII. acompanhar os projetos de recuperação e manutenção de áreas degradadas;
IX. acompanhar os projetos de drenagem da água da chuva;
X. captar, tratar e distribuir água para o Campus Joaquim Amazonas nas unidades que compõem a Cidade Universitária;
XI. propor ações de Educação Ambiental;
XII. manter e ampliar as áreas verdes da UFPE;
XIII. desenvolver ações de manejo populacional, combate ao abandono e maus tratos de animais na UFPE;
XIV. propor programas de modernização tecnológica visando à implantação de tecnologias limpas, tendo em vista a minimizar o potencial de poluição de efluentes e resíduos;
XV. propor linhas de pesquisa tecnológica visando alcançar melhorias ambientais;
XVI. selecionar sistemas de tratamento de efluentes avaliando sua eficiência em atendimento aos padrões ambientais;
XVII. gerenciar e fiscalizar os seguintes serviços para a UFPE: limpeza interna, limpeza externa, jardinagem, poda de árvores, limpeza de caixa d’água, limpeza de fossas, controle de pragas, recolhimento de resíduos comuns, recolhimento de resíduos biológicos, recolhimento de resíduos químicos, serviço de retroescavadeira, operação de tratamento de água, manutenção de poços artesianos, fornecimento de carro pipa;
XVIII. propor contratações sustentáveis;
XIX. exercer as demais atividades atribuídas pela Superintendência de Infraestrutura.
 
 
A DGA tem a seguinte estrutura organizacional:

 

Diretor: Manoel Heleno de Castro.