Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical (PPGMedtrop)

Sobre o Programa

Comunicamos que as inscrições presenciais para os processos seletivos da 21ª Turma de Doutorado e 36ª. Turma de Mestrado foram prorrogadas até o dia 25/11/2019(segunda-feira).

A Coordenação.

 

O Coordenador do Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical torna público o presente Edital, no Boletim Oficial da UFPE e através do endereço eletrônico http://www.ufpe.br/ppgmedtrop, as normas do Processo Seletivo para Admissão – Ano Letivo 2020 ao corpo discente ao Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical, Cursos de Mestrado e Doutorado: Abaixo o link para o Edital on-line (Boletim Oficial da UFPE – No. 106)

https://www.ufpe.br/documents/38962/1870976/bo106.pdf/9cdc7538-5423-43f5-b4b0-56a31ad7c2a2

 

 

Comunicamos que a chamada de credenciamento de docente do Programa de Pós-Graduação foi prorrogada até a próxima terça-feira (06/08/2019).

 

A Coordenação.

CRITÉRIO DE CREDENCIAMENTO DE DOCENTES

O Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical torna pública a chamada para credenciamento de docente, com período de inscrição de 25/06 a 02/08 de 2019.

1. Será selecionado docente colaborador. Após avaliação das propostas, seguindo critérios da CAPES/Área Medicina II/Conceito 5, o docente poderá ser credenciado como permanente.

2. Para o credenciamento de docentes são necessárias as seguintes condições (baseado na portaria Nº 81, DE 3 DE JUNHO DE 2016:

a) Ter titulação de mínima de Doutor em Curso da Área de Saúde ou Áreas Afins, neste caso, com compatibilidade às linhas de pesquisa do PPGMedTrop (ver homepage);

b) Ter vínculo funcional-administrativo com a UFPE e/ou com instituição de ensino e/ou pesquisa, em caráter excepcional, que se enquadrem em uma das seguintes condições:

i) quando recebe bolsa de fixação de pesquisadores de agências federais ou estaduais de fomento (ver item 6.1).

ii) quando, na qualidade de professor ou pesquisador aposentado UFPE

iii) quando, na qualidade de professor ou pesquisador aposentado de outra instituição, tenha firmado com a instituição termo de compromisso de participação como docente do PPGMedTrop (ver item 6.1).

iv) tenha firmado com a instituição termo de compromisso de participação como docente do PPGMedTrop

c) Ter índice de publicação conforme critérios de avaliação CAPES/ÁREA MEDICINA II equivalente ao nível 5, nos últimos 2 anos e meio (180 pontos em 2017-2019.1)

d) Ter experiência de orientação nas modalidades: IC, TCC, especialização ou co-orientação de mestrado/doutorado;

e) Se enquadrar na área de concentração do Programa e em uma das Linhas de Pesquisa através de publicações/projetos comprovados.

f) Apresentar proposta de disciplina, que será analisada pelo colegiado do programa, e/ou como se enquadrar como participante/colaborador em disciplinas existentes, quando não houver vínculo com a UFPE. Devendo a mesma seguir a periodicidade estipulada pelo Regimento Interno.

g) Ter disponibilidade para ministrar aula e orientar, já a partir do ano de seu credenciamento.

h) Ter colaborado ou ser coordenador, por no mínimo, um projeto efetivamente financiado ou não (ver item 6.1), nos últimos cinco anos, que tenha originado contribuições para a sua área de pesquisa do PPGMedTrop (publicações em revista ou formação de recursos humanos).

i) estar cadastrado em grupo de pesquisa ativo do CNPq.

2.1- O desempenho de atividades esporádicas como conferencista, membro de banca de exame ou co-autor de trabalhos não caracteriza um profissional como integrante do corpo docente do programa, não podendo o mesmo ser enquadrado como docente colaborador;

2.2 - Informações sobre atividades esporádicas do colaborador como conferencista, membro de banca de exame ou co-autor de eventual trabalho, quando relatadas por um programa ou curso de pós-graduação, poderão complementar a análise da atuação do programa.

3. Os pedidos de credenciamento far-se-ão por solicitação direta do interessado, acompanhado da documentação descrita no anexo I, onde devem constar as seguintes informações:

a) Campo de atuação do interessado e descrição sucinta da sua linha de pesquisa;

b) Descrição das condições de infraestrutura para pesquisa e condições para a captação de recursos para orientação de pós-graduandos;

c) Descrição sucinta dos projetos de pesquisa em que atualmente coordena/colabora.

d) Descrição de atividades em disciplinas e orientação de alunos.

e) O docente deve informar se participa de outro PPG.

4. O docente externo à UFPE deverá apresentar uma carta de autorização constando a aprovação pelo respectivo colegiado/pleno e pelo diretor do centro ou reitor da sua instituiçãode vínculo, para que possa se credenciar em nosso PPG.

5- Calendário de atividades relativas a este edital:

ATIVIDADE

DATA/PERÍODO

Inscrições para credenciamento

25/06 a 02/08 (até 11h)

Prazo final de atualização o CV-Plataforma Lattes

Até 31/07/2019 (17h)

Homologação das inscrições

Até 06/08/2019 (17h)

Período de recursos

07 a 09/08 de 2019 (11h)

Avaliação das candidaturas pela Comissão do Colegiado

Até 16/08/2019 (17h)

Homologação dos resultados pelo Colegiado do PPGMedTrop

20/08/2019

Divulgação dos Resultados

Até 20/08/2019 (17h)

Período de recursos

21 a 23/08 de 2019 (11h)

Homologação Resultado Final na reunião subsequente do Colegiado do PPGMedTrop  

26/08/2019 (17h)

 

6. A solicitação do credenciamento, acompanhada das informações do item 2 e documentação necessária, será analisada quanto ao mérito pela comissão de avaliação de docente e homologada em reunião do Colegiado da PPGMedTrop;

6.1 As categorias dos itens: 2.b.i - professor/pesquisador aposentado de outra instituição; 2.b.iii - bolsista de fixação de pesquisadores de agências federais ou estaduais de fomento; 2.h - colaborador de no mínimo um projeto financiado ou não, serão avaliados em 30-50% menos (a critérios da Comissão Avaliadora), em comparação ao professor/pesquisador efetivo da UFPE e ao Coordenador de projeto de pesquisa financiado.

7. O processo do interessado deverá ser relatado por um docente, membro da comissão de avaliação, manifestando o mérito da solicitação, considerando todos os aspectos descritos nos itens 1 e 2, com emissão de parecer.

8. O parecer da Comissão conterá um resumo da análise da candidatura de ingresso do docente ao quadro do PPGMedTrop/UFPE com base na avaliação acadêmica da proposta do candidato, observando critérios quantitativos e considerando a adequação e a pertinência quanto: - à vinculação da produção e do projeto à linha de pesquisa pretendida;

9. Diante do parecer do relator e da documentação apresentada, a comissão de avaliação docente analisa e determina o mérito da solicitação que deve ser homologada pelo colegiado.

Anexo I

Relação dos documentos para inscrição ao credenciamento de docentes

As solicitações de credenciamento devem ser realizadas mediante apresentação dos seguintes documentos:

a) CURRICULUM LATTES, atualizado e documentado, destacando a produtividade científica dos últimos dois anos e meio (2017 a 2019.1) e credenciamento no grupo de pesquisa do CNPq;

b) Carta à Coordenação de Pós-Graduação solicitando credenciamento, especificando o campo de pesquisa, se participa de outro PPG e se comprometendo com seguintes compromissos vinculados a sua participação no PPG:

i. Participação em pelo menos 50% das reuniões ordinárias do colegiado do PPG por ano.

ii. Participar como membro de, pelo menos, 2 (duas) bancas examinadoras de defesa de dissertação e/ou tese por ano.

iii. Participar como membro de, pelo menos, 2 (duas) bancas de examinadora de qualificação de mestrado e/ou doutorado.

iv. Disponibilidade de orientar no mínimo 2 pós-graduandos e 2 alunos de iniciação nos intervalos de 2019.2-2020.

c). Obter pontuação equivalente ao nível 5 CAPES no intervalo de 2017 a 2019.1

d) Plano de trabalho detalhado e proposta de disciplina(s), dentro das linhas de pesquisa da PPGMedTrop, que pretende oferecer ou participar, informar parcerias internacionais, quando houver. Além disso, apresentar as perspectivas para orientação e publicações nos próximos 4 anos e descrever sucintamente os projetos de pesquisa em que atualmente está envolvido. Descrição das condições de infraestrutura para pesquisa e condições.

e) Carta de autorização da Instituição de vínculo liberando o docente para atuar no PPG, quando pertinente.

 

 

 

 

Homologação dos Resultados do Processo Seletivo para a 35ª Turma de Mestrado em Medicina Tropical do CCS/UFPE – Ano de 2019

APROVADOS E CLASSIFICADOS OUTROS PROFISSIONAIS NA ÁREA DE SAUDE

CLASSIFICAÇÃO

CÓDIGO

NOTA

1º. Lugar

ME1948

10,000

2º. Lugar

ME1932

9,040

3º. Lugar

ME1985

8,784

4º. Lugar

ME1995

8,294

APROVADOS E CLASSIFICADOS MÉDICO

1º. Lugar

ME1923

9,07

2º. Lugar

ME1967

8,62

3º. Lugar

ME1975

8,32

 

A NOTA LIBERADA FOI CORRIGIDA CONSIDERANDO A MAIOR NOTA COMO 10.

 

PROCESSO SELETIVO PARA A 35ª TURMA DE MESTRADO EM MEDICINA TROPICAL DA UFPE – ANO: 2019

ORD.

CÓDIGO

NOTA CURRÍCULO

1

ME1923

1,7525

2

ME1932

3,7620

3

ME1948

5,4870

4

ME1967

3,4900

5

ME1975

0,9070

6

ME1985

1,4120

7

ME1995

2,3875

 

Processo Seletivo Turma de Mestrado em Medicina Tropical – Ano: 2019

PROVA DE INGLÊS

ME1985

7,8

ME1931

5,8

ME1923

9,5

ME1971

4,5

ME1988

5,8

ME1967

9,7

ME1975

7,5

 

Processo Seletivo Turma de Mestrado em Medicina Tropical – Ano: 2019

 

CÓDIGO

PROVA DE CONHECIMENTO

(PESO 7)

PROJETO EXPANDIDO

(PESO 3)

NOTA FINAL

1

ME1975

9,0 x 0,7= 6,3

7,0 x 0,3= 2,1

8,40

2

ME1985

8,8x0,7= 6,16

8,0x 0,3= 2,4

8,56

3

ME1923

8,5x0,7= 5,95

9,0x 0,3= 2,7

8,65

4

ME1932

7,6x0,7= 5,32

6,5x0,3= 1,95

7,27

5

ME1995

6,9x0,7= 4,83

8,5x0,3= 2,55

7,38

6

ME1948

6,8x0,7= 4,76

8,0x0,3= 2,4

7,16

7

ME1967

7,0 x0,7= 4,9

7,0x0,3=2,1

7,00

8

ME1966

4,0x0,7= 2,8

9,0x0,3= 2,7

5,50

9

ME1987

5,0x0,7= 3,5

6,5x0,3= 1,95

5,45

10

ME1986

2,0x0,7= 1,4

9,0x0,3= 2,7

4,10

11

ME1988

2,5x0,7= 1,75

6,5x0,3= 1,95

3,70

12

ME1971

1,0x0,7=0,7

8,0x0,3= 2,4

3,10

13

ME1931

1,5x0,7= 1,05

4,5x0,3= 1,35

2,40

3.1.2.1 – Avaliação de resumo expandido de projeto de pesquisa e prova de conhecimento formarão uma única nota, que será eliminatória, nota mínima de 7 (sete).

 

ESPELHO DA PROVA DE SELEÇÃO DE MESTRADO DO PROGRAMA DE PÓSGRADUAÇÃO EM

MEDICINA TROPICAL

1. DIARREIAS INFECCIOSAS: VIRAL E BACTERIANA

1.1 QUADRO CLÍNICO:

- diarreia aguda e diarreia crônica

- características das diarreias por vírus

(diarreias aquosas, tempo de diarreia, náuseas, vômitos, febre, perda de apetite,

adinamia).

- características das diarreias bacterianas.

- presença ou ausência de febre; enterocolite; fezes sanguinolentas

1.2 Diagnóstico clínico:

- Diarreia aguda viral: frequência e características das diarreias, período de incubação;

ingesta de alimentos, idade, co-morbidades, ausência de sangue.

- Diarreia aguda bacteriana: característica das fezes (frequência e volume das fezes,

presença de muco e piosanguinolenta); tenesmo; historia de viagens

2. TUBERCULOSE PULMONAR

2.1 QUADRO CLÍNICO:

TUBERCULOSE PRIMÁRIA (< 3 ANOS; AUTOLIMITADA; ADENOPATIA HILAR E MEDIASTINAL;

PNEUMONIA ATÍPICA (febre baixa; tosse seca; gripe prolongada, ausculta pulmonar).

Apresentação radiológica (adenopatia hilar e infiltrado (nódulos de GHON).

REGRESSÃO SEM COMPLICACÇÕES

COMPLICAÇÕES: ATELECTASIA, PNEUMONIA; TUBERCULOSE MILIAR

TUBERCULOSE PÓS PRIMÁRIA (>3 ANOS/ REINFECÇÃO OU REATIVAÇÃO).

OLIGOSSINTOMÁTICOS - TOSSE CRÔNICA ( SECA; MUCOIDE; PURULENTA; HEMOPTICA); FEBRE

VESPERTINA; SUDORESE NOTURNA, PERDA DE PESO, ausculta pulmonar.

Apresentação radiológica: Infiltrados; cavíticos; fibrose.

2.2. DIAGNÓSTICO CLÍNICO:

História de contato com paciente bacilífero

Sintomático respiratório

Exame Fisico:RONCOS, SIBÍLOS, ESTERTORES E SOPROS TUBÁRIOS.

 

Resultado da Homologação da Seleção

da 36ª Turma de Mestrado – 2019

CÓDIGO

HOMOLOGADO*

ME 1923

Sim

ME1931

Sim

ME1932

Sim

ME1948

Sim

ME1966

Sim

ME1967

Sim

ME1971

Não. Devido à necessidade dos itens 2.1h; 2.2b e 2.2c,  segundo Edital.

ME1975

Sim

ME1976

Sim

ME1985

Sim

ME1986

Sim

ME1987

Sim

ME1988

Sim

ME1995

Sim

*Os candidatos não homologados podem comparecer as etapas seguintes do processo seletivo, caso venham a entrar com recurso.

 

ETAPAS DO CONCURSO AO MESTRADO

DATAS

HORÁRIOS/LOCAL

Etapa 1A - Prova de idioma (inglês)

12/02/2019

(Terça-feira)

9:00 às 12:00 horas

Sala do Programa – Bl. A, Térreo do HC/UFPE

Etapa 1B - Prova de conhecimento

12/02/2019

(Terça-feira)

14:00 às 17:00 horas

Sala do Programa – Bl. A, Térreo do HC/UFPE

 

Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical da UFPE lançou edital de seleção para interessados em ingressar no corpo discente dos cursos de mestrado no ano letivo de 2019. A inscrição se realizará na Secretaria da Pós-graduação em Medicina Tropical, entre os dias 22 de janeiro a 08 de fevereiro de 2019, entre 09:00 às 12:00 e 13:00 às 17:00 horas, pessoalmente ou através de procurador, mediante a apresentação de instrumento de mandato.

A inscrição poderá ser realizada por correspondência via SEDEX, desde que postada até a data de encerramento das inscrições e recebida pelo Programa em até 3 (três) dias da mesma data, não se responsabilizando o Programa por atrasos ocorridos na entrega postal.

As inscrições por correspondência serão verificadas quando do seu recebimento pela Comissão de Seleção e Admissão no que se refere ao cumprimento dos requisitos para a sua aceitação, conforme item 2.

São de inteira e exclusiva responsabilidade do candidato as informações e a documentação por ele fornecidas para a inscrição, as quais não poderão ser alteradas ou complementadas, em nenhuma hipótese e/ou a qualquer título. Todas as documentações exigíveis serão entregues em envelope fechado pelo candidato, que será devidamente inserido, pela comissão organizadora, em envelope com lacre na presença do candidato. O candidato receberá um código de inscrição que será a sua identificação durante processo seletivo. Os candidatos que fizerem a inscrição por correspondência via SEDEX receberão o código via e-mail.

São fixadas em 8 vagas (4 para médicos e 4 para outros profissionais na área de saúde) para o Curso de Mestrado. As vagas não ocupadas poderão ser redistribuídas obedecendo à ordem de classificação e segundo homologação do Colegiado do Programa.

Havendo desistência de candidato classificado até a data de encerramento da matrícula, será convocado o candidato aprovado e não classificado, obedecida a ordem de classificação.

Haverá 01 vagas institucionais adicionais segundo a resolução Nº 01/2011.

Para o Curso de Mestrado, exige-se graduação, reconhecida pelo MEC, nas áreas de Medicina, Farmácia/Bioquímica, Biomedicina e Ciências Biológicas (licenciatura e bacharelado); realizados em instituições reconhecidas pela CAPES/MEC.

Link do Edital:

https://www.ufpe.br/documents/38962/1870976/Bo007.pdf/9526e0dc-6d99-4d5a-9ed3-bae7fa7635be

Lembrete: Na pág. 20 do Edital (BO No. 007 – V. 54 ESPECIAL), favor considerar o código da unidade gestora constante no texto e não na imagem para gerar a GRU (vide também abaixo) o preenchimento:

Unidade Gestora: 153098 - Gestão: 15233 – Universidade Federal de Pernambuco
Código de Recolhimento: 28832-2 – Serviços Educacionais

 

Homologação dos Resultados do Processo Seletivo para a 35ª Turma de Mestrado em Medicina Tropical do CCS/UFPE – Ano de 2019

CLASSIFICAÇÃO

CÓDIGO

NOTA

1º. Lugar

MD 1918

10,00

2º. Lugar

MD 1956

9,61

 

A NOTA LIBERADA FOI CORRIGIDA CONSIDERANDO A MAIOR NOTA COMO 10

 

Homologação dos Resultados do Processo Seletivo para a 20ª Turma de Doutorado em Medicina Tropical do CCS/UFPE – Ano de 2019

APROVADOS E CLASSIFICADOS OUTROS PROFISSIONAIS NA ÁREA DE SAUDE

CLASSIFICAÇÃO

CÓDIGO

NOTA

1º. Lugar

DO1927

10,00

2º. Lugar

DO1988

9,98

3º. Lugar

DO1922

9,50

4º. Lugar

DO1977

9,02

5º. Lugar

DO1909

8,82

6º. Lugar

DO1981

7,56

APROVADOS E CLASSIFICADOS MÉDICO

1º. Lugar

DO1956

9,15

NÃO APROVADO

 

DO1917

5,85

 

A NOTA LIBERADA FOI CORRIGIDA CONSIDERANDO A MAIOR NOTA COMO 10.

 

Resultado da Etapa 3 – Avaliação do Curriculum Vitae - Processo Seletivo para Admissão – Ano Letivo 2019 ao corpo discente ao Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical, Curso de Mestrado

CANDIDATO

NOTA

MD1956

3,09

MD 1918

4,43.

 

 

Resultado da Etapa 3 – Avaliação do Curriculum Vitae - Processo Seletivo para Admissão – Ano Letivo 2019 ao corpo discente ao Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical, Curso de Doutorado

DO1909

4,67

DO1917

1,15

DO1927

4,03

DO1977

3,90

DO1981

4,78

DO1988

5,10

DO1956

5,63

DO1922

5,55

 

Resultado da Etapa 2 – Avaliação de resumo expandido de projeto de pesquisa e prova de conhecimento - Processo Seletivo para Admissão – Ano Letivo 2019 ao corpo discente ao Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical, Curso de Mestrado:

CANDIDATO - MD1957

Recurso Indeferido

 

Resultado Etapa 2- Avaliação, Apresentação e Defesa do Projeto de Pesquisa – Seleção da 20ª Turma de Doutorado

CANDIDATO

NOTA

DO1909

7,14

DO1917

6,03

DO1927

8,94

DO1977

7,88

DO1981

5,90

DO1988

8,20

DO1956

7,00

DO1922

7,34

 

 

 

Relação das notas do Projeto Expandido e Prova de Conhecimento com Peso dos Candidatos ao Mestrado

Código do Aluno

Projeto Expandido

Peso 3

Prova de Conhecimento

Peso 7

Nota Final

MD 1957

6,5 X 3= 1,95

6,5 X 7 = 4,55

6,5

MD 1951

7,5 X3 =2,25

5,8 X 7 = 4,06

6,31

MD 1956

9,0 X 3= 2,7

7,9 X 7 =5,53

8,23

MD 1945

6,5 X 3= 1,95

2,0 X 7 =1,4

3,35

MD 1918

9,5 X 3 = 2,85

7,0 X 7 =4,9

7,75

MD 1935

6,5 X 3= 1,95

1,0 X 7=0,7

2,65

MD 1926

6,5 X 3= 1,95

1,0 X 7=0,7

2,65

MD 1924

4,5 X 3 = 1,35

3,0 X 7=2,1

3,45

MD 1989

9,5 X 3 = 2,85

1,0 X 7=0,7

3,55

MD 1941

8,0 X 3= 2,4

1,0 X 7=0,7

3,1

MD 1978

8,0 X 3= 2,4

0,5 X 7=0,35

2,75

MD 1929

8,0 X 3= 2,4

3,0 X 7=2,1

4,5

MD 1912

7,0 X 3 =2,1

2,0 X 7=1,4

3,5

MD 1904

6,0 X 3 = 1,8

3,0 X 7=2,1

3,9

MD 1916

5,5 X 3 = 1,65

1,0 X 7=0,7

2,35

MD 1938

9,8 X 3 = 2,94

1,5 X 7=1,05

3,99

Espelho da Prova de Conhecimento da Seleção de Mestrado da

Pós-graduação Medicina Tropical referente aos tópicos sorteados.

  

  1. Características morfológicas e estruturais do Treponema pallidum

Morfologia do Treponema pallidum: tamanho, comprimento, morfologia

Estruturais: Parede celular e outras estruturas bacterianas descrevendo a função das mesmas

 

  1. Diagnostico Laboratorial das Diarreias infecciosas: viral e bacteriana;
  1. Diarreias Bacterianas

Amostras Clinicas (Validação e transporte)

Bacterioscopia

Cultura e Identificação bacteriana por métodos clássicos e automatizados

Sorotipagem para classificação etiológica

Pesquisa de toxina do Clostridium difficile

Antibiograma

  1. Diarreias Virais

Métodos Imunológicos

Diagnostico molecular

  1. Outros Exames Complementares

Pesquisa de elementos anormais nas fezes (leucócitos/sangue)

Hemograma

Sorologia HIV/Contagem de CD4

Resultado recurso inscrições:

Código candidato:

Resultado:

DO1922

Deferido

ME1920

Indeferido

 

Cronograma referente à Etapa 2 – Prova de conhecimento da seleção de Mestrado segundo o item 3.1.2.2 do edital.

Data

Horário

Local e instruções

20/11

9:00 às 12:00

Candidatos ao Mestrado: Sala da Pós-Graduação em Medicina Tropical – Hospital das Clínicas – Bloco A.

 

É necessário documento de identificação (RG e Código)

 

Cronograma referente à Etapa 2 - Avaliação, Apresentação e Defesa do Projeto de Pesquisa da seleção de Doutorado segundo o item 3.2.2.3 do edital.

Código candidato

Data

Horário

Local e instruções

DO1909

20/11

9:00

Candidatos ao Doutorado: Sala do Departamento de Medicina Tropical – Hospital das Clínicas – Bloco A.

 

É importante que o candidato compareça com antecedência para inserir sua apresentação na mídia do PPGMedTrop e checar qualquer alteração quanto a formatação de sua apresentação.

 

É necessário documento de identificação (RG e Código)

DO1917

20/11

9:30

DO1927

20/11

10:00

DO1977

20/11

10:30

DO1981

20/11

11:00

DO1988

21/11

9:00

DO1956

21/11

9:30

DO1922

21/11

10:00

 

RESULTADO PROVA-INGLÊS

ME1904

10,0

ME1912

9,9

ME1916

9,2

ME1918

8,3

ME1920

5,8

ME1921

FALTA

ME1924

8,5

ME1926

8,3

ME1928

FALTA

ME1929

8,1

ME1935

9,0

ME1941

7,6

ME1957

9,0

ME1989

7,0

DO1917

8,9

DO1922

7,1

DO1956

8,9

DO1981

7,7

 

No. de Inscrição

Resultado da homologação das inscrições para a 35ª Turma de Mestrado e 20ª Turma de Doutorado do PPG em Medicina Tropical do CCS/UFPE

ME1926

Homologado

ME1945

Homologado

ME1957

Homologado

ME1928

Homologado

ME1918

Homologado

ME1978

Homologado

ME1951

Homologado

ME1924

Homologado

ME1929

Homologado

ME1941

Homologado

ME1938

Homologado

ME1921

Homologado

ME1935

Homologado

ME1904

Homologado

ME1916

Homologado

ME1912

Homologado

ME1956

Homologado

ME1989

Homologado

ME1980

Não homologado – falta de documentação e pré-projeto, segundo os itens do edital:

2.1 (e, g, h, i) /2.1.1 / 2.2 (a, c)

ME1920

Não homologado – falta de documentação e pré-projeto, segundo os itens do edital: 2.1 (c)/ 2.2 (a),

DO1909

Homologado

DO1917

Homologado

DO1927

Homologado

DO1977

Homologado

DO1981

Homologado

DO1988

Homologado

DO1956

Homologado

DO1922

Não homologado – exigência do item 1.1 do edital

Prazo Recursal para etapa das inscrições terá um intervalo de 3 dias úteis:

07 a 09/11/2018 - 09:00 às 12:00 e 13:00 às 17:00hs

Os candidatos não homologados que pretendem solicitar recurso e inscritos na prova de inglês devem seguir com o processo seletivo, realizando a prova na data e hora divulgada em edital.

 

LINHAS DE PESQUISA

A Pós-Graduação em Medicina Tropical foi criada em 1973 oferecendo curso de Pós-graduação em Nível de Mestrado para médicos. No ano de 2000 passou a oferecer cursos em nível de Mestrado e Doutorado e tornou-se multidisciplinar, ampliando sua proposta para outros profissionais que pesquisam e trabalham com Doenças Infecciosas tais como Farmacêuticos e Bioquímicos, Biólogos e Biomédicos. No momento, o Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical da UFPE é constituído atualmente por 15 professores/pesquisadores (13 permanentes e 02 colaboradores).

Centro de Ciências da Saúde
Departamento de Medicina Tropical

Hospital das Clínicas - Bl. A - Térreo do HC/UFPE Av. Prof. Moraes Rego - s/n. 50670-901 - Cidade Universitária, Recife-PE

(81) 2126 8527
Profª. Dra. Maria Amélia Vieira Maciel
Coordenadora
Profa. Dra. Valdênia Maria Oliveira de Souza
Vice-Coordenadora
Walter Galdino
Secretário