Voltar

Aniversário de 41 anos do Hospital das Clínicas é celebrado em evento on-line

Evento contou com depoimentos de integrantes das comunidades hospitalar e acadêmica, apresentações musicais, exibição de vídeo comemorativo e aula

A importância do Hospital das Clínicas da UFPE para a sociedade e a relevância de todos os profissionais, residentes, alunos e pacientes que fazem e fizeram parte do HC foram destacadas no evento que celebrou os 41 anos do hospital-escola, na tarde da última quinta-feira (24). A transmissão foi realizada ao vivo no canal oficial da UFPE no YouTube, onde pode ser consultada a qualquer momento. O evento foi realizado de forma on-line em respeito às medidas de distanciamento social, em virtude da pandemia de Covid-19. O HC é unidade vinculada à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).

O evento contou com depoimentos de integrantes das comunidades hospitalar e acadêmica, apresentações musicais, exibição de vídeo comemorativo e a aula “O SUS, o HC e a formação em saúde: o que comemorar?”, ministrada pela ex-superintendente do HC (de 2003 a 2007) e professora da UFPE, Heloísa Mendonça.

O reitor Alfredo Gomes salientou a importância do hospital-escola e da universidade pública para a população. “O HC vem prestando um serviço de grande relevância para a sociedade nos âmbitos do ensino, pesquisa, extensão e assistência. É um enorme desafio fazer a gestão de uma unidade complexa como o HC, que tem mais de dois mil funcionários. Estamos trabalhando juntos para legar às futuras gerações uma unidade cada vez mais forte e comprometida”, afirmou.

O vice-reitor Moacyr Araújo salientou os diferenciais do HC. “Quero destacar duas coisas diferentes que temos em nosso hospital universitário em comparação com outras instituições que também prestam assistência a milhões de brasileiros: o caráter formativo por meio da importância do ensino e da pesquisa e a formação cidadã, aquela que vai além do conteúdo”, disse o professor, que lembrou os 30 anos do SUS e os 99 anos de nascimento do educador Paulo Freire, celebrados no último dia 19.

“O HC formou diversos profissionais das mais diversas áreas do conhecimento que hoje estão em posição de destaque em Pernambuco, no Brasil e no mundo. O hospital que é campo de ensino e prática para as mais diversas residências em saúde, atua na produção do conhecimento e geração de pesquisas e, sobretudo, presta assistência à população de Pernambuco e de estados vizinhos e que realiza mais de um milhão e meio de procedimentos por ano, de forma humanizada e 100% integrada aos SUS, que completou recentemente 30 anos. Hoje não estamos comemorando construções e edificações, mas sim as pessoas que fizeram e fazem o HC”, afirmou o superintendente do HC, Luiz Alberto Mattos, que destacou as parcerias com a UFPE, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) e com os amigos do HC.

Participaram ao vivo e por mensagem em vídeo os ex-reitores Anísio Brasileiro, Amaro Lins, Éfrem Maranhão (que também foi ex-superintendente do HC) e George Browne, além de ex-superintendentes, como Frederico Jorge Ribeiro, George Telles e Marcos Mendonça, o primeiro a gerenciar o hospital, de 1979 até 1982. Trabalhadores e pacientes também gravaram vídeos em homenagem ao HC.

CONTRIBUIÇÃO – “O HC tem uma contribuição notória à sociedade. É um berço de professores das mais diversas áreas, um celeiro de profissionais de destaque. Que venham mais dezenas de décadas para que a gente possa comemorar o papel representativo do Hospital das Clínicas no cenário da saúde pública do Estado de Pernambuco”, disse a secretária estadual executiva de Atenção à Saúde, Cristina Mota, que representou o secretário André Longo.

O secretário de Saúde do Recife, Jaílson Correia, destacou o profissionalismo e humanização dos trabalhadores do HC e a parceria com as outras esferas do SUS. “É uma honra participar desse evento como cidadão e como gestor do SUS. Quero agradecer às pessoas que dão o seu afeto nessa estrutura de concreto. O HC tem muita história e muita contribuição ao sistema público de saúde. Temos imensa admiração por seus diversos papéis, como na assistência de alta complexidade, entre outros, na contribuição para o SUS. Viva o Hospital das Clínicas!”

A apresentação musical ficou a cargo dos profissionais do HC: Dênis Waked (Urologia), Guido Araújo Jr (Cirurgia Abdominal), Amaury Cantilino (Psiquiatria), Breno Barbosa (Neurologia), Igor Zaidan (Coreme), Márcio Carvalho (Cirurgia Geral), Agostinho Machado Jr (Ginecologia) e Eduardo Melo (Neurologia). 

Data da última modificação: 25/09/2020, 17:01